Cineclube UI: programação do 2º sem/2011

Realizado pelo PAPPE (Programa de Apoio Psicopedagógico), sob a coordenação da profa. Zanilda Gonçalves, com o apoio da Administração Superior da Universidade de Itaúna e da Pró-Reitoria de Ensino e Assuntos Acadêmicos, o Cineclube UI já é um sucesso entre os estudantes, que têm participado ativamente das sessões no Grande Teatro da Universidade.

Após a exibição do filme, é realizado um diálogo interdisciplinar, com a participação de professores das diversas áreas do conhecimento.

Confiram a programação completa do Cineclube UI para o segundo semestre e programem-se! São filmes de ótima qualidade, que abordam temas de interesse de estudantes e profissionais de todas as áreas. As sessões acontecem aos sábados, a partir das 8h. A participação no Cineclube UI vale como atividade complementar para os acadêmicos da Universidade de Itaúna e o evento é aberto a toda a comunidade!

Não percam!

AGOSTO - Dia 20 (sábado)

Filme: MEU NOME NÃO É JOHNNY
Direção: Mauro Lima
Ano: 2008 ( Brasil)
Elenco: Selton Mello, Rafaela Mandelli, Eva Todor e André di Biase
Sinopse
João Guilherme Estrella (Selton Mello) nasceu em uma família de classe média do Rio de Janeiro. Filho de um diretor do extinto Banco Nacional, ele cresceu no Jardim Botânico e frequentou os melhores colégios, tendo amigos entre as famílias mais influentes da cidade. Carismático e popular, João viveu intensamente os anos 80 e 90. Neste período ele conheceu o universo das drogas, mesmo sem jamais pisar numa favela. Logo tornou-se o maior vendedor de drogas do Rio de Janeiro, sendo preso em 1995. A partir de então passou a frequentar o cotidiano do sistema carcerário brasileiro. História real.

SETEMBRO - Dia 24 (sábado)

Filme: EQUILIBRIUM
Direção: Kurt Wimmer
Ano: 2002 ( EUA)
Elenco: Christian Bale, Dominic Purcell, Sean Bean, Willian Fischtner, Angus Mac Fadyen.
Sinopse
Nos primeiros anos do século XXI aconteceu a 3ª Guerra Mundial. Aqueles que sobreviveram sabiam que a humanidade jamais poderia sobreviver a uma 4ª guerra e que a natureza volátil dos humanos não podia mais ser exposta. Então uma ramificação da lei foi criada, o Clero Grammaton, cuja única tarefa é procurar e erradicar a real fonte de crueldade entre os humanos: a capacidade de sentir, pois há a crença de que as emoções foram culpadas pelos fracassos das sociedades do passado. Desta forma existe um estado totalitário, a Libria, que é comandado pelo "Pai" (Sean Pertwee), que só aparece através de telões. Foi decretado que os cidadãos devem tomar diariamente Prozium, uma droga que nivela o nível emocional. As formas de expressão criativa estão contra a lei, sendo que ao violar qualquer regulamento a não-obediência é punida com a pena de morte. John Preston (Christian Bale) é um Grammaton, um oficial da elite da lei, que caça e pune os "ofensores", além de ter poder para mandar destruir qualquer obra de arte. Um dia, acidentalmente, Preston não toma o Prozia. Pela primeira vez ele sente emoções e começa a fazer questionamentos sobre a ordem dominante.

OUTUBRO - Dia 22 (sábado)

Filme: ESCRITORES DA LIBERDADE
Direção: Richard LaGravenese
Ano: 2007 ( Alemanha-EUA)          
Elenco:Hilary Swenk

Sinopse
É um filme que mergulha em certas questões sociais e educacionais, mostrando imperfeições do sistema educacional americano, cheio de regras e normas, bem como a luta de uma professora por uma causa quase morta: a melhoria/qualidade da educação em todos os níveis sociais. E no meio de tanta violência, desigualdade e desprestigio, a professora G lança o olhar para as experiências de jovens excluídos, motivando-os a ler e escrever sobre suas vidas. Da escrita emerge solidariedade, tolerância, simpatia, valores um tanto quanto esquecidos até pela direção da escola.
 
NOVEMBRO - Dia 26 (sábado)
 
Filme: MÃOS TALENTOSAS- A HISTÓRIA DE BEM CARSON
Direção: Thomas Carter
Ano: 2009 ( EUA)
Elenco: Cuba Gooding Jr., Kimberly Elise, Jaishon Fisher, Tajh Bellow, Geoffrey Beauchamp
O jovem Ben Carson não tinha muita chance. Tendo crescido em um lar desfeito e em meio à pobreza e ao preconceito, suas notas eram baixas e seu temperamento inflamado. No entanto, sua mãe nunca perdeu a fé em seu filho. Ela insistiu para que ele seguisse as oportunidades que ela nunca teve, ajudou-o a expandir sua imaginação, sua inteligência e, acima de tudo, sua crença em si mesmo. Essa fé seria seu dom – a essência que o levaria a perseguir seu sonho de tornar-se um dos mais importantes neurocirurgiões do mundo. História real.