I Jornada Multidisciplinar de Dor do Centro-Oeste Mineiro

Universidade de Itaúna fomenta evento científico

 

I Jornada Multidisciplinar de Dor do Centro-Oeste Mineiro

 

 

 

A Universidade de Itaúna promove nos dias 27 e 28 de fevereiro a I Jornada Multidisciplinar de Dor do Centro-Oeste Mineiro. O evento será realizado no grande teatro da Universidade, em parceria com a Clínica de Dor do Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e a Clind’or que é uma clínica interdisciplinar de tratamento da dor em Belo Horizonte.

 

O objetivo do evento, segundo os organizadores, é promover a educação sobre o tema “dor” de forma multidisciplinar e também equipar os profissionais da saúde fora das capitais porque esta especialidade é uma das carências da região.

 

De acordo com Karen Chequer, presidente da comissão organizadora, “a importância do evento para a região se dá, porque a dor é a principal queixa que leva os pacientes a procurarem os profissionais de saúde, tais como: médicos, dentistas, fisioterapeutas, educadores físicos e psicólogos. 

 

A organizadora da Jornada diz ainda que “a formação em dor de todos os profissionais da saúde, segundo a Associação Internacional para o Estudo da Dor, é muito deficiente não só no Brasil como em todos os países do mundo, então os profissionais da saúde se formam com uma deficiência na área de manejo da dor, daí a importância de se promoverem eventos sobre o tema para aprimorar a formação destes profissionais para que eles consigam tratar a dor de forma mais efetiva, melhorando a qualidade de vida do paciente aliviando a dor tanto física quanto emocional”

 

Os palestrantes são especialistas reconhecidos no estado de Minas Gerais e nacionalmente com passagens por renomados Hospitais como o Sírio Libanês e o Israelita Albert Einstein. O destaque entre eles é o Dr. Charles Amaral Oliveira, da cidade de

Divinópolis-MG, conhecido mundialmente na especialidade da “dor”, membro da American

Society of Interventional Pain Physicians (ASSIP) e membro da diretoria da Sociedade Brasileira de Medicina Intervencionista da Dor (SOBRAMID) dentre outros. Destaca-se também a participação do Dr. Gustavo Rodrigues Costa Lages, coordenador da Clínica de Dor do Hospital das Clínicas da UFMG e da Clind’or e que também o responsável pela programação científica do evento.

 

As inscrições terminaram dia 21 de fevereiro e 550 pessoas se inscreveram esgotando logo a capacidade máxima para o evento.

 

Programação:

 

27/02/19

 

17:30 Recepção aos inscritos 

 

18:00 às 18:30 Aspectos Gerais (histórico, epidemiologia, fisiopatologia resumida, classificações, conceito de tratamento multidisciplinar e multimodal) – Dr Gustavo Lages

 

18:30 às 19:00 Avaliação da dor – Dr. Carlos Marcelo de Barros

 

19:00 às 19:30 Aspectos Psicossociais no Paciente com Dor Crônica – Psicóloga Ênia Campos

 

19:30 às 20:00 Farmacologia da Dor – Dr. Carlos Marcelo de Barros

 

20:00 às 20:30 Coffee-break

 

20:30 às 21:00 Reabilitação em Dor – Fisioterapeuta Thiago Gonçalves Brito

 

21:00 às 21:30 Avaliação e Tratamento das Cefaléias – Dra. Helena Providelli

 

21:30 às 22:00 Cuidados Paliativos – Enfermeiro Dr. Alexandre Silva

 

 

28/02/19

 

18:00 às 18:30 Dor Neuropática – Dra. Ressala Castro Souza

 

18:30 às 19:00 Dor Orofacial – Odontólogo Dr. Roberto Pedras Brígido

 

19:00 às 19:30 Dor Oncológica – Dra. Graziele Sales Diniz

 

19:30 às 20:00 Coffee-break

 

20:00 às 20:30 Acupuntura e Dor – Dr. Hildebrando Sábato

 

20:30 às 21:00 Fibromialgia – Dra. Mabel Andrade

 

21:00 às 21:30 Lombalgia – Dr. Charles Amaral de Oliveira

 

21:30 às 22:00 Técnicas intervencionistas em Dor – Dr. Charles Amaral de Oliveira

 

 

ATENÇÃO! Haverá controle de entrada e saída e somente fará jus ao certificado (8h) o participante que comparecer a 100% da programação.